Como é no Japão?

A vida dos homossexuais no Japão


No mês passado, nos EUA foi aprovado o casamento gay em todo o país e foi uma grande conquista e avanço no direito humano ( No Brasil? É um pouco diferente. Quem quer saber mais, google it).

No Japão, acabo achando a percepção um pouco parecido com o Brasil. Talvez mais mais simático. Há muitas pessoas assumidas, vivendo a sua vida cotidiana, mas para alguns ainda é tabu. Alguns assumem, mas não conseguem contar pros pais ou parentes, então infelizmente passam por dificuldades de aceitação da família. Apesar de terem esses preconceitos dentro das famílias, nas escolas as vezes gerando bullying (qualquer coisa é motivo né?) quero acreditar que no consenso geral é algo tranquilo. Nos programas de TV aparecem transsexuais, gays, lésbicas, pessoas com vários gostos, e toda essa baboseira de sexualidade fica no segundo plano. Os japoneses podem achar até estranhos, mas não reclamam da liberdade alheia.

Eles pegam metrô vestidos assim, e pode até achar estranho, mas a galera respeita.

O que facilita a sociedade aceitarem mais?

O que dificulta obviamente são preconceitos bestas e ignorâncias tolas, então vou falar de coisas boas. Nesse quesito, muitos dizem que a questão da religião facilita, por interferir menos na vida de cada um. O Budismo mesmo não foca nesses detalhes, e sim no desenvolvimento espiritual da pessoa. Como os japoneses têm mais o costume de levar a espiritualidade como algo cultural e cotidiano, e menos religião e dogmas, acabam vivendo de uma forma mais zen.

Just chilling, yo!

Também observa-se em alguns mangás, como o grande One Piece, a aparição dos gays de uma maneira cômica e amigável, então desde cedo é levado como algo bacana.
É o caso do Mr.2 Bon Clay 【Mr.2・ボンクレー】, que com a sua aparição cômica cativou muitos fãs.

Veja a disposição. Um dos melhores personagens do Mangá.

Não somente, tendo uma das cenas mais emocionantes da obra. Sem querer colocar spoiler, ele já me fez chorar umas 2 vezes. Muito foda. Lembro de ter lido aos 13 anos. Por isso que One Piece faz sucesso até hoje.

Mesmo que desvie do caminho do homem
Mesmo que desvie do caminho da mulher
O que não posso desviar é o caminho do ser humano

Quando for morrer, será juntos
No céu da verdade,
florescerei o caminho gay “Okama way”

Quem se destaca?

Há várias celebridades / famosos no Japão, ou Geinoukai【芸能界】 como chamam esse mundo dos famosos compostos por pessoas de diversas áreas: moda, comédia, música, etc. Vejo essa turma participando bastante de “Programas de Variedades” 【バラエティー番組】que são os programas de estúdio – Aqueles das pegadinhas e com uma caixa da cara da pessoa rindo, por exemplo. Sei que você já assistiu.


Pessoalmente gosto bastante da apresentadora e colunista, Matsuko Deluxe 【マツコ・デラックス】 (lá também usam nomes exagerados). Normalmente o programa que ela aparece é um bom programa. Há também a IKKO que se destaca na área de comédia e talk; Mittsu Mangrove 【ミッツ・マングローブ】na área de talk (essa sabe falar), e outras que são mais como uma idol / tarento 【タレント】 como a Haruna Ai 【はるな愛】, que foi a Miss Internacional Queen em 2009 (a Miss Universo das Transsexuais).

Uma propaganda que a Matsuko Deluxe participou.

Em 2007, o Reizah Ramon HG 【レイザーラモンHG】fez sucesso com o personagem HardGay 【ハードゲイ】. Ele é heterossexual, casado com 2 filhos, mas fez questão de agradecer a esse público por esse sucesso. Como agradecimento chegou até a pousar numa revista masculina.

Com a famosa gag “Fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu”

Como são chamados?

Japoneses são um povo que gostam de inventar palavras, mas normalmente os gays são chamados de Oneh【おねえ】que engloba também os transexuais, todo gênero. Ou quando querem se referir ao orientação sexual, gay mesmo【ゲイ】. De uma maneira um pouco mais pejorativa, existem Homo 【ホモ】 ou o famoso Okama 【おかま】. As transsexuais, new-half 【ニューハーフ】. As lésbicas de Rezu 【レズ】e a “ativa” de Itachi 【イタチ】 e a passiva de Neko 【ねこ】, que são nomes de animais. Homoafetividade de Dousei-ai 【同性愛】. Dá pra fazer muitas piadas de referência, mas vou deixar o Naruto de lado.

Por onde costumam andar?

Há um região em Tokyo chamado Shinjuku Nichoume 【新宿二丁目】 que seria o paraíso dos gays. Se andar por lá, só vai ter lojas, restaurantes, boates, estabelecimentos voltados para esse público.

Não sou mestre em vocabulário desses públicos, mas é super interessante aprender os jargões e a cultura divertida deles. Tem muita coisa boa pra aprender, e se você for no Japão, é algo que acabará percebendo e aprendendo.

O que achou desse texto? Aproveite pra deixar o seu comentário.

Texto publicado antecipadamente na lista de e-mail KOTOBÁ VIP

 

Nipobrasileiro arretado de Recife. Fundador do portal de cultura e língua japonesa Kotobá. Acredita que a mudança vem pelo empoderamento das pessoas. Gosta de café, livros e passear de skate.
  • For General Use

    QUERO!!