Fale como um japonês nativo

5 dicas para aprender japonês de forma mais eficiente


Aprender japonês é um processo complexo que envolve diversos fatores. Facilitar e promover técnicas para aprender japonês em um ambiente nutritivo faz com que o aprendizado seja mais eficaz, produtivo e divertido.

Não sei vocês, mas eu comecei a aprender japonês em uma associação japonesa. Além de manterem a comunidade descendente reunida, eles promoviam o ensino da cultura e do idioma. Quando eu comecei o curso, ele já era aberto a brasileiros não descendentes e eu só tinha apenas um colega que era filho de japoneses.

A princípio isso me causou uma certa estranheza. Imaginei que em um curso de japonês eu veria filhos e netos de japoneses, mas não é bem assim. No entanto, minha primeira professora era uma japonesa que mal sabia falar português. Às vezes isso era um grande problema. Alguma dessas vezes era engraçado, outras um pouco embaraçoso.

Mas aí vem a questão meu caro leitor, amigo e camarada. O que ajuda e o que atrapalha na hora de aprender japonês?

Baixe gratuitamente o ebook Lista Completa de Kanji JLPT N5

Estamos aqui para te ajudar!

Sensei 【先生

Com:

Ter um bom professor é um bom caminho. A palavra sensei não representa só o professor, mas aquela pessoa que está lá pra te ensinar. Aquele que você considera como o teu “mentor”. Escolha um professor que você tenha confiança no conhecimento dele e uma afinidade para certas aberturas em relação ao que você deseja aprender. Uma relação aberta com o sensei, faz com que a vergonha seja mais trabalhada assim como a confiança.

Sem:

Muitos não estudam mais em salas de aula ou com professores. Costuma ser um movimento natural do aprendizado. Se você é uma dessas pessoas não se desespere. Recorrer à internet pode ser um bom caminho. Não confie 100% no Google tradutor, afinal de contas ele não é perfeito. Use a ferramenta para facilitar seu estudo e encontrar uma solução para sua dúvida. Recorrer aos comentários dos textos do kotobá pode ser uma boa solução!

Aproveite seu professor ao max. Lembre que ele está do seu lado. Quer que você aprenda

Dúvidas

As dúvidas sempre irão surgir. Não é algo para se assustar ou desesperar. Se elas vierem, procure meios para resolver. Quais meios, você me pergunta? Existem diversos dicionários, livros e aplicativos prontos para te ajudar. Em seu smartphone, procure por aplicativos que sejam bem avaliados e que possam te auxiliar no significado e na aplicação das palavras. Não deixe que as dúvidas permaneçam e se acumulem. Algumas dúvidas terão que ser solucionadas para que você possa continuar a evoluir e aprender novas coisas.

Quanto mais ferramentas, mais caminhos!

Perguntar

A palavra chave para o bom aprendizado é essa: perguntar! Não tenha vergonha de admitir que você não sabe ou não se lembra. É melhor assumir sua condição e perguntar. Tirar a dúvida por meio de perguntas pode render muito mais do que você poderia imaginar. Uma pergunta pode levar a novas perguntas e isso a uma boa conversa e até mesmo a uma “aula”

Não tenha vergonha de admitir que não sabe na frente dos outros!

Conversar

Já venho falando em vários textos que conversar é algo crucial para aprender japonês. Sem conversar você não se solta. Mas desta vez vou te propor o seguinte, além de conversar com os teus amigos, converse com pessoas fora do seu círculo. Professores de outras escolas, pessoas de outras comunidades, descendentes e japoneses. Eles irão trazer conversas e palavras novas. Conhecimentos que antes você não tinha. E se você já se ligou nas dicas que eu já escrevi no texto, não deixe as dúvidas passarem e pergunte se não souber o que é.

Dica: não seja inconveniente. Pode parecer óbvio, mas existem perguntas de cunho pessoal ou que não cabem em determinado momento. Saber falar um idioma também significa ler de forma adequada o ambiente.

Pessoas diferentes = novas experiências

Extra – Podcast

Aprimore o seu conhecimento com conteúdos extras. Palavras diferentes e interessantes podem fazer com que você fale como um bom japonês nativo. Escutar outras pessoas conversando pode ajudar a perceber as peculiaridades e as tonalidades usadas na hora da pronúncia. Existem diversos podcasts que podem corroborar com o seu estudo. Não sei se você sabe, mas Kotobá tem um podcast que foca no teu aprendizado! Da uma olhada nesse episódio bacana para impressionar os japoneses, só clicar aqui.

Já pensou em impressionar os japoneses falando do Brasil? | EP13 – Kotobá Nihongo Podcast


E aí, o que você achou dessas dicas de aprimoramento? Não perde a oportunidade e já escreve uma pergunta aqui nos comentários pra tirar aquela dúvida! É claro, fica a vontade de me contar também quais outros aspectos um bom estudante de japonês deve aprimorar.

Parabéns! Ao ler esse texto, você acaba de aumentar 1 nível de conhecimento 🙂

Proficiência
100%

Gostou? Junte-se a mais de 1500 estudantes inteligentes de japonês e receba atualizações de artigos e dicas imperdíveis para melhorar a sua fluência no japonês!

 

Ah, compartilhe e ajude este artigo chegar às outras pessoas. Fará uma GRANDE diferença para mim. Arigatou 🙂

 

Psicólogo de formação, Já morou em Argentina e Chile mas foi na cultura Japonesa que se apaixonou. Co-fundador do canal culinário e cultural, Japa na Chapa. Tem como autor favorito da literatura japonesa Yasunari Kawabata.